APIAM
11
Newsletter
Março 2014
 

OBSERVATÓRIO APIAM

MERCADO ÁGUAS MINERAIS NATURAIS E DE NASCENTE - 2013

 
Depois de em 2012 o sector ter sido fortemente penalizado por uma queda global nas vendas superior 10%, em resultado quer de um ambiente económico muito recessivo, quer de um enorme aumento de impostos, no ano de 2013 verifica-se verifica-se uma retoma do mercado com o consumo de águas minerais naturais e águas de nascente em Portugal (mercado nacional) a ter uma evolução positiva de 8,2% (litros) e de cerca de 1,5% (embalagens).

Ao contrário, a inverter a tendência verificada nos últimos anos, em 2013 as exportações tiveram uma evolução negativa (em litros) de 7,1% e um crescimento de 3,6% (em embalagens). Apesar do decréscimo verificado, as exportações representaram, em 2013, cerca de 5% (em litros) da produção nacional.



No global do mercado (nacional + exportação) verificou-se uma evolução positiva de 7,3% (as águas sem gás tiveram um crescimento de 8% e as águas com gás cairam cerca de 5%.


Fazendo uma análise ao comportamento do mercado (nacional + exportação) nos últimos 5 anos, que foram marcados por um ambiente económico de grande instabilidade e incerteza e por forte redução da procura interna em resultado das medidas de austeridade aplicadas no país, pode verificar-se que houve um decréscimo de 3,4%, em litros, e de 10,5% em embalagens.




APIAM - Associação Portuguesa dos Industriais de Águas Minerais Naturais e de Nascente
Av. Miguel Bombarda, nº 110, 2º Dto, 1050-167 Lisboa · Tel: +351 217940574 / 75 · Fax: +351 217938233 · Email: apiam@netcabo.pt