APIAM
19
Newsletter
Julho 2017
 

EQUIPAMENTOS DE FILTRAGEM E ÁGUA FILTRADA NA RESTAURAÇÃO

PARECER DA AUTORIDADE FRANCESA DE SEGURANÇA ALIMENTAR

 

Em Março deste ano a Autoridade Francesa de Segurança Alimentar (ANSES) identificou riscos associados aos filtros (jarros), designadamente, através de substâncias indesejáveis encontradas nas águas filtradas e a deterioração da qualidade microbiológica.

Lembramos que também a Associação Europeia do Sector das águas engarrafas (European Federation of Bottled Waters, EFBW) em nome dos engarrafadores europeus de água mineral natural e de nascente, deu início a conversações com a Comissão Europeia que têm o objectivo de regulamentar o uso de dispositivos de filtragem e a comercialização de água filtrada no sector da restauração.

Em muitos países da União Europeia, entre os quais Portugal, alguns restaurantes, hotéis e bares têm vindo a instalar sistemas de filtração de água da torneira nos seus estabelecimentos.

A água filtrada é vendida e servida em garrafas ou jarros de design sofisticado, sendo frequentemente acompanhada por pouca ou nenhuma informação acerca da sua origem e das suas características.

A EFBW refere que habitualmente não são acauteladas preocupações de segurança e higiene alimentar (HACCP do processo, os filtros que removem/reduzem o cloro, deixando a água filtrada vulnerável a riscos de contaminação, a higienização e a esterilização regular dos equipamentos de filtragem, as condições de reutilização e de limpeza dos recipientes em que a água é servida, etc) e que, por vezes, a água filtrada é disponibilizada em recipientes com indicações publicitárias enganadoras que as torna susceptíveis de serem confundidas com a água mineral natural e de nascente.



APIAM - Associação Portuguesa dos Industriais de Águas Minerais Naturais e de Nascente
Av. Miguel Bombarda, nº 110, 2º Dto, 1050-167 Lisboa · Tel: +351 217940574 / 75 · Fax: +351 217938233 · Email: apiam@netcabo.pt